"Não me convidaram pra essa festa pobre,
Que os homens armaram pra me convencer,
A pagar sem ver por toda essa droga,
Que já vem malhada antes de eu nascer."
- Brasil (Cazuza)

Estou eu ouvindo Cazuza, Chico, Tom, Elis, Gonzaguinha.... e comecei a pensar no Brasil...na cultura no nosso país, rico em beleza natural, cheio de riqueza cultural... Uma pena não ter nascidos nos anos 50 para poder acompanhar de perto toda a Contracultura...todos esses gênios que citei e mtos outros que esqueci e que já foram esquecidos....uma época de ouro, em que o cidadão, o brasileiro de verdade, estava na rua, brigando, lutando, apanhando, sendo torturado e morrendo para tentar mudar alguma coisa, para tentar fazer dessa nossa terra um mulher melhor para se viver.... Foi o tempo em que os livros, as músicas, os filmes, o povo era mais brasileiro...tinha orgulho de ser brasileiro.... Mtos podem dizer...há mais haviam as pessoas que se escondiam da ditadura, a burguesia, que fechava os olhos para toda a zona que se tinha.... mas vejam a história da Zuzu Angel...uma estilista rica e famosa, que perde seu filhinho, um militante mto louco, que como mtos jovens, estava na rua, com a cara pintada e o coração cheio de esperança e disposição de fazer algo pelo povo...e principalmente, vivendo uma fase fantástica da nossa cultura... ela,  a Zuzu Angel, depois de ver o que acontece ao seu filho, muda completamente sua vida, e morre lutando para enterrar seu filho....brigando com todo o sistema podre que existia na época....ela morreu, mas entendeu e nos deixou o exemplo de que não devemos deixar de lado as coisas que acontecem, mesmo que parecem não interferir nas nossas vidas...

Ultimamente o povo brasileiro anda mto conformado.... com a cultura, com a violência, com a política, com tudo... se analizarmos friamente, mta gente tem vergonha de ser brasileira, apesar de tantas coisas boas....podem ver... só andamos nas ruas com a amarelinha no peito, quando temos Copa do Mundo.... ai sim a brasilidade, o nacionalismo fica estampado no peito, nas vozes que ecoam "eu sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor...." .... Mas e ai? O que você vem fazendo para mudar as coisas....o mundo ao seu redor?

Vivo em São Paulo, passo muito tempo na Avenida Paulista, o símbolo do capitalismo no nosso país.... São Paulo, a terra da garoá...quem hoje em dia nem garoá mais é, porque ou chove muito, ou não chove nada.... mas ainda sim a terra da correria, o lugar ligado 24 horas, onde as pessoas se preocupam mais em ter do que em ser...e ao mesmo tempo, nos momentos de lazer, o que vemos?? Um país pobre de cultura..... Tons, Chicos, Gils, Caetanos, Elis, Gonzaguinhas, Cazuzas.... raramente surgem denovo...o que vemos na tv é um festival de bundas e pornografia, Calipso, Funk e Axé (que me desculpem os fãs, respeito os caras, mas pra um país tão talentoso, você ouvir e ver essas coisas....Puta que pariu com asa!!! hehehe)

Mas enfim...nem sei ao certo o que quis dizer com esse texto....só fiquei pensando no nosso país, na nossa cultura, nos nossos problemas e no que podemos fazer para mudar...no que estou fazendo para mudar.... temos mta coisa boa....talentos novos surgindo, coisas boas acontecendo.... falei que foi uma pena não ter nascido nos anos 50, mas podemos fazer de hoje a história para amanhã, para nossos filhos e netos lembrarem com o mesmo saudosismo que lembro de uma fase que não vivi....

E como diz o Vandré em sua música...

"Vem vamos embora, que esperar não é saber.... quem sabe faz a hora, não espera acontecer..."

Thiago Alessandro