Com a entrada do Ano Novo Chinês toda a China pára e dá as boas-vindas ao Festival da Primavera... É o momento mais esperado por todo a população... O único no ano em que oficialmente os trabalhadores gozam férias...

As famílias reunem-se e à volta da mesa deliciam-se com as iguarias tradicionais desta quadra. Os mais velhos distribuem pelos mais jovens envelopes vermelhos (cor da felicidade, da sorte e prosperidade) com dinheiro...

As velhas aldeias enchem- se de alegria e cor com o regresso dos filhos, maridos, pais, irmãos, que de longe regressaram para passar alguns dias no seio do lar...

A Dança do Leão (principalmente na província de Cantão) sai à rua, alegrando novos e velhos com as suas diabruras, cambalhotas e acrobacias coloridas, bem como pelo estridente som da tocata que os acompanha!

Os ocidentais confundem estas manifestações como sendo o Carnaval Chinês!!! Alguém publicou um leão em plena dança e comentou: "O Carnaval em Pequim!"...

As portas e janelas envaidecem-se com a colagem de gravuras coloridas alusivas ao Ano Novo, neste caso o do Rato, e com o grafismo FU (Felicidade), que se for colado de pernas para o ar afugenta o "mau olhado" e poderá trazer felicidade em dobro...

Longos serões a contar estórias ou...simplesmente jogando uma partida de "majihang"!

São momentos de relaxamento total e felicidade para um país que fervilha num crescimento impar!

Mas não duram mais do que uma semana ou no máximo duas...logo é necessário regressar às cidades longínquas onde o trabalho os espera... Por vezes nem tempo têm de festejar o Festival das Lanternas em família, pois esse acontece ao décimo quinto dia do primero mês (calendário chinês) e nessa altura muitos já estão de volta ou mesmo a laborar...

Este ano a situação de milhões de trabalhadores agravou-se com as intempéries que se abateram sobre o centro e sul do país... muitos milhares viram-se impossibilitados de viajarem para junto das famílias... O Governo Chinês face à incontrolável situação em matérias de transportes chegou mesmo a aconselhar os trabalhadores a se manterem nos locais onde residem para fins laborais, pois seria mais seguro de que intentarem longas deslocações sem saberem o que poderiam vir a encontrar...

Começa mal o Ano do Rato!...Um ano em que se adivinham grandes melhorias para as massa trabalhadoras: melhores salários, melhor assistência social e a lei anti-despedimento sem justa causa...

Vamos esperar para ver!