Em sentido amplo e generalizado, ciência (do latim scientia, traduzido por "conhecimento") refere-se a qualquer conhecimento ou prática sistemáticos.
A ciência é o esforço para descobrir e aumentar o conhecimento humano de como o Universo funciona. É o conhecimento ou um sistema de conhecimentos que abarca verdades gerais ou a operação de leis gerais especialmente obtidas e testadas através do método científico.
Da definição segue que um cientista é um elemento essencial à ciência. Ao definirem-se ciência e cientista é de relevância ressaltar que a definição de ciência exige expressamente que o cientista saiba manter suas crenças longe dos seus artigos científicos e das teorias científicas com as quais esteja a trabalhar.
A ciência vai-se adaptando e evolui. Por ela, o conhecimento vai crescendo. Através da experiência e do erro, da aventura e da formulação de hipóteses, o ser humano vai construindo lentamente pontes que o levam constantemente do conhecido para o desconhecido.
Desde sempre que o Homem se questiona sobre tudo aquilo que lhe suscitar interesse, de forma espontânea, porque é da sua Natureza fazê-lo. Este princípio de duvidar, questionar, procurar respostas é o fundamento da ciência e o propósito da sua investigação. É a partir dos avanços que se faz ao investigar tais fundamentos, independentemente de como queremos que eles sejam, ou de como deveriam ser, que se progride no sentido de um maior conhecimento do mundo natural e real. E esta procura pelo conhecimento, pela verdade, é o que faz realmente evoluir a Humanidade, não o modo como está organizada, não os princípios morais que seguem, mas acima de tudo isso, o conhecimento que se tem e que se procura do real, isto é, a verdade.