Viajar é sentir... O Homem é um viajante. Viaja por todo o lado. Pelo mundo inteiro. Ou melhor, o Homem tenta viajar o mais possível talvez seja uma necessidade para encontrar novos conhecimentos, conhecer novas culturas... para tentar completar-se.

O que é certo é que o ser humano é um ser inacabado e nunca consegue completar-se pelo facto de estar constantemente a aprender coisas novas. Por tudo o que aprende nas suas viagens o Homem está sempre a mudar a sua maneira de pensar em relação ás coisas do seu dia-a-dia, está sempre a mudar a sua opinião sobre determinado assunto, a sua maneira de ver o mundo, enfim… O Homem também é capaz de viajar através dos seus sonhos, dos seus sentimentos e emoções. Estas também estão sempre a mudar. Num dia gostamos de uma coisa e no outro dia já gostamos de outra.

Funciona tudo como um ciclo vicioso. O homem viaja, conhece um mundo novo e logo de seguida muda de opiniões em relação a tudo. Talvez sim, tallvez não, mas é o que acontece por norma . estamos sempre em constantes mundanças. Pode-se dizer que temos uma característica dos camaleões: este ciclo de mudanças pode funcionar talvez como uma defesa ao mundo que nos rodeia.

Não sei se estou certa ou errada mas é o que eu penso. E foi através da psicologia, uma disciplina que nos faz pensar, que elaborei este texto.