Culturas, claro!

O mundo não é só constituído por uma cultura! Um continente não é só constituído por uma cultura! Um país não é só constituído por uma cultura!

Pelo mundo fora existe uma imensidão de culturas. Diversidade de culturas!

A cultura dá a vantagem ao Homem de se individualizar. Assim os nossos instintos perdem a força e dão lugar a caracteres adquiridos e de influência social. A isto chama-se cultura. Entretanto a cultura vai passando de Pai para filho. As culturas sofrem modificações ao longo do tempo devido ao ser humano ter necessidade de evoluir, por exemplo, na construção e fabrico de objectos materiais, no estabelecimento de relações sociais e na elaboração e uso de sistemas simbólicos de comunicação. Por isso, se diz que a cultura surgiu a partir do momento em que se começaram a sentir necessidades de segunda ordem.

Cultura Chinesa



A cultura da China:

A República Popular da China é o país mais povoado do mundo e o terceiro maior em área, ocupando uma parte considerável da Ásia oriental. Graças à abertura a uma politica de mercado de cariz socialista, a China é hoje a terceira potência comercial do mundo.

A China tem uma cultura vasta e riquíssima, construída ao longo de mais de 4.000 anos. Na cultura chinesa, os valores tradicionais derivavam da versão ortodoxa do confucionismo, o sistema filosófico criado pelo influente pensador/sábio chinês – Confúcio. Entre as preocupações do confucionismo estão a moral, a política, a pedagogia e a religião. A cortesia, a sabedoria moral, a rectidão, a integridade e a honradez são ainda características muito presentes no povo chinês.


A China é um país de contrastes, dividido entre a sua história e cultura milenares, a ruralidade (que ainda caracteriza o interior do país) e as grandes urbes, industriais, que vivem à vertiginosa velocidade do presente. Um país que, por todas as razões, vale a pena conhecer melhor.


Lingua:

O chinês mandarim é uma língua sino-tibetana falada por mais de 900 milhões de pessoas, como língua materna. É o idioma mais falado do mundo.

Para os estrangeiros, em especial para os ocidentais, aprender mandarim é uma tarefa complicada.

Para facilitar a comunicação foi criado o sistema de escrita PinYin, método usado oficialmente na República Popular da China para transcrever o dialecto mandarim no alfabeto latino. A língua estrangeira mais utilizada na China é o inglês.


Relação entre Portugal e China

Portugal e a China mantêm uma excelente relação política, diplomática e histórica, com mais de 500 anos. Ao nível das trocas comerciais, cooperação económica e investimentos, o relacionamento dos dois países ainda tem espaço para evoluir.

Portugal, entre 2000 e 2005, ocupou a 16ª posição entre os países comunitários fornecedores da China. Em 2005, as exportações portuguesas para a China Continental aumentaram a um ritmo superior ao das importações. As balanças comerciais de Portugal com Hong-Kong e com Macau são favoráveis a Portugal.

Em 2005, as exportações portuguesas para a China Continental aumentaram a um ritmo superior ao das importações (68,8% contra 24%), a que correspondeu um grau de cobertura (fob/cif) das importações pelas exportações de 30% (22% em 2004). As balanças comerciais de Portugal com Hong-Kong e com Macau são muito favoráveis a Portugal. Considerando o conjunto dos três espaços comerciais, verificam-se graus de cobertura das importações pelas exportações de cerca de 47% em 2005 e 40% no período de Janeiro a Setembro de 2006.