Perde-se a mente,
em fantasia erótica,
entre rendas e saias
dum tecido transparente,
cheio de provocação,
que faz arreliar o corpo
que faz tremer o coração.
Essa arte feminina
de sensibilidade
não tem idade, nem corpo,
não tem peso, nem medida,
seja qual for a sua raça,
é inata, atraente e cheia de graça