Estas ferias de verão aprendi que existem dois tipos de pessoas existe as pessoas que se acomodam ao seu parceiro e vivem do pouco que tem e existe a pessoa batalhadora que luta por ter algo mais qual delas é a correta ? não sei ! mas aprendi-o da pior maneira.

Numa noite de verão estava na paragem do autocarro com uma amiga e comecamos a "deliciarmo-nos" ao ver 3 gatinhos vadios a brincarem em cima dos carros e na arvore de repente uma mulher francesa mais as suas duas filhas foram ter com eles parecia que queriam apanha-los quando um dos pobres gatinhos sentindo-se precionado fugio na pior altura para o meio da estrada só conssegui ver a mulher a por as mãos na cara e as filhas a chorarem deduzi logo que o gatinho tinha sido morto provavelmente esmagado pelo carro, e minha amiga começou a andar e em seguida olhou pra mim como quem diz não vens? eu ezitei em ir pois sabia que ia sobrar tudo para mim veterinario, dono, lar para o gatinho e o mais importante dinheiro mas lá fui com a minha amiga quando cheguei vi o gatinho de baixo do carro ela foi falar com o condutor para afastar o carro quando o homem afastou ele mexeu-se um pouco e começou a assanhar-se vi que tinha uns dois meses era muito pequeno e o pior era que tinha as duas perninhas de trás feridas até o osso se via ela foi tentar pega-lo mas ele estava muito assustado então eu como tenho uma gata e tinha tido um gato que morreu com um tumor sabia que se pega-se na pele do pescoso que nao fazia mal ao gatinho ( as gatas tranportam os seu filhos atraves dessa pele no pescoso ) nem ele me podia morder po-lo no passeio e ficamos um quarto de hora a falar com o marido dessa mulher que se encontrava em muito mau estado devido ao acontecimento então decidimos que deveriamos leva-lo ao hospital veterinario que era ali perto eu fui aos arbustos e peguei num saco de plastico e com este embrulhei o gatinho nele entao dei-o a minha amiga para o transportar ate lá pelo caminho o gatinho ia fechando os olhos e abrindo assim que cheguei o veterinario disse logo que era 50€ por ser consulta de noite entao o homem que foi conosco pagou os 50€ em seguida eu disse a minha amiga que podia ir a minha casa tomar banho pois cheirava a gato ferido, nessa noite conbina-mos as duas pagar a meias as despezas do gatinho pois como fomos as duas que o salvamos era nossa responsablidade.

Passado algum tempo ela comecou a dizer que o marido não queria o gatinho e então eu disse-lhe para o convencer e ela disse que ia fazer de tudo e conssegui-mos convence-la desde que eu paga-se tudo o que foi uma grande injustisa para mim tudo isto porque ela esta dependente do marido para tudo é daquelas pessoas que tem uma mentalidade antiga eu desde ai que fiquei chateada com ela e só falo com ela no que diz respeito ao dinheiro para o veterinario disse lhe na altura então ok eu trato do dinheiro e tu do lar para ele e da comida e coisas basicas ela concordo com estas condiçoes . Hoje fui pagar a primeira mensalidade do veterinario e vim a descobrir que ela não tem cuidado bem do gatinho e que este tem estado no veterinario por falta de cuidados por parte dela ao seja eu cumpri com a minha parte do acordo e ela não consseguio fazer uma coisa tão simples como cuidar de um gatinho tudo isto por andar na sombra do marido agora para concluir não sei se teria ficado indiferente se acontecesse tudo de novo penso que teria feito tudo tal e qual como fiz.

É muito duro ter um bom coração agora ando desesperada pois não posso ficar com o gatinho pois a minha mãe não deixa porque ja tenho uma gata e é quase impossivel arranjar um bom dono para o gatinho pois ele merecia ter um bom dono que o trata-se bem e que o amasse muito como um filho ou um irmão ele já passou por tanto sofrimento só eu e ele sabemos por aquilo que ele passou