"Lisboa, Av. da Liberdade", by Carlos Alexandre (represented at the Art Gallery / Espaço AmArte), oil on canvas

The drawing comes up easily. Very urban! And also from waters, fogs, travels, musics, dreams, events passing by the city. What is fascinating in the Carlos Alexandre painting is the movement, the indefinite shape's outline looking for its own perspective and place in the suddenly captured image. It is not easy to paint like that, underneath a sky of blue rectangles, running over by speed up trees against the vehicles moving around Lisbon, New York, Paris. Brilliantly!

///

O desenho aparece com óbvia facilidade. Urbaníssimo! Mas também de águas, nevoeiros, viagens, músicas, sonhos, episódios de passagem na cidade. O que é fascinante na pintura de Carlos Alexandre é o movimento, o contorno indefinido da forma à procura da sua própria perspectiva e lugar na imagem captada de repente. Não é fácil pintar assim, debaixo de um céu de rectângulos azuis, atropelado pelas árvores que se deslocam velozes contra os veículos em circulação nas ruas de Lisboa, Nova Iorque, Paris. Genialmente!

by Armando Taborda, 2007

(article 1st edition, 2007; 2nd edition, 2016)