Prometeu deu o fogo, o conhecimento e a técnica à humanidade. Zeus zangado pelo facto de o homem possuir o fogo dirigiu a sua fúria contra Prometeu, mandando Hefestos acorrentá-lo num desfiladeiro do monte Cáucaso. Todos os dias uma águia devorava o seu fígado que diariamente se regenerava. O seu sofrimento durou até que Herácles ao passar pelo desfiladeiro abateu a gigantesca águia com uma flecha e o libertou das suas correntes. (Este «post» faz parte de um InteractiveQuest de Área de Integração de 10.º ano.)