"Bona konversacio konstruas harmonion"
 
         Meus queridos irmãos, que a paz de Deus e de Nosso Mestre Jesus esteja com todos.
            Esperanto, essa Língua bendita, que nos foi trazida do Plano Maior pelo valoroso Espírito de Zamenhof, aqui, para nós da Terra, seu criador, tem um papel fundamental na evolução do planeta, na sua passagem de um mundo de provas e expiações para um mundo de regeneração, assim como nos ensinaram nossos queridos amigos, graças à pena de Kardec.
            Esperanto, meus queridos irmãos, não se trata apenas de uma língua, um meio de comunicação. Esperanto é muito mais que isso. Podemos dizer que é ele o instrumento da paz, da concórdia e da fraternidade entre os homens. Sim, porque aonde quer que se vá, em qualquer lugar do mundo onde haja um esperantista, lá encontraremos a paz e o respeito ao irmão que chega. Não importa qual religião ou nacionalidade, o sentimento que brota em todos nós, ao aprendermos essa maravilhosa língua, é o do amor universal, ensinado a todos nós por Jesus, nosso querido irmão maior.
Sim, meus irmãos, Esperanto é o instrumento da fraternidade, como idealizou seu criador, "Doktoro Zamenhof, tiu, kiu esperas". No seu dizer, no seu pensamento, o Esperanto seria o instrumento da paz, da concórdia universal, porque, por meio dele, os homens se entenderiam, não importa a que nação pertençam. Essa era sua aspiração, esse era seu desejo ao criar, ou melhor dizendo, ao nos trazer esse rico conhecimento do plano espiritual.
Evangelho, Espiritismo e Esperanto, essa tríade, quando a vivenciamos, temos, dentro de nós, a certeza de que estamos no caminho certo, apesar dos muitos obstáculos, apesar das muitas pedras no caminho.
Não tenhamos a pretensão, meus caros irmãos, de que todos compreendam essa tríade maravilhosa; devemos fazer nossa parte, semeando pelo caminho as sementes que nos foram oferecidas e regá-las com todo amor e carinho, sabendo, de antemão, que muitos pássaros as comerão, que o sol as tostará, mas, as que conseguirem sobreviver, serão as que darão bons frutos e esses frutos deixarão suas sementes pelo caminho, sementes que perecerão, sementes que irão florescer. O tempo é o nosso condutor, não tenhamos pressa, façamos a nossa parte.
Também, é bem verdade que não nos devemos esmorecer pelas dificuldades encontradas, pelas incompreensões daqueles a quem amamos. Tenhamos, pois, paciência. Essa nossa outra aliada, a perseverança, é fundamental para continuarmos sobrevivendo numa região árida, numa região desértica. Mas a recompensa virá a cada curva do caminho em que encontrarmos um irmão que receba com alegria nosso ideal. A recompensa virá pelo trabalho realizado, pelo que fomos capazes de construir. Não nos desanimemos. A palavra do Cristo ainda precisa de muitos seareiros. Sejamos um deles.
E assim, meus queridos irmãos, eu os conclamo a conhecerem o Esperanto, essa Língua que é, como a Doutrina Espírita, um novo mundo, um mundo maravilhoso que, à medida em que nele adentramos, mais alegria temos. Portanto, conheçam, meus irmãos, o Esperanto. Estudem o Esperanto.
            Que a paz do Mestre Jesus esteja com todos.
                 
 José Roberto Alves de Albuquerque                                        
Obs.: sites onde podem ser encontradas informações e cursos sobre Esperanto:
Liga Brasileira de Esperanto: www.esperanto.org.br
Curso de Esperanto: www.cursodeesperanto.com.br
Sede em Fortaleza: R. Armando de Oliveira, 413 - Parquelândia