Nesse mundo moderno, onde trabalhar e crescer faz cada dia mais parte de nossas Vidas.

Onde se tornar independente, e ter realização profissional é tudo e mais um pouco, esquecemos de nossas carências.

Esquecemos do simples, nem que seja por algumas horas.

Estamos é com carência de passear de mãos dadas, tomar sorvete na pracinha, dar e receber carinho,fazer um jantar pra quem você gosta e depois saber que "apenas" dormir abraçados, sabe essas coisas simples que perdemos e sabemos que é necessário, isso tudo faz muita falta.

Cada dia está mais complicado de encontrar alguém que realmemte vale a pena.

As desilusões amorosas aumentam cada dia mais.

As pessoas buscam algo que não se encontra hoje em dia, ou quase não se encontra.

Hoje conhecer alguém é ir direto ou indiretamente para o sexo, mais quem falou que as pessoas buscam somente isso?

Nem que seja por um determinado momento, as pessoas buscam mais que sexo e Rock Roll, elas procuram, carinho, atenção e romantismo, mais que um corpo perfeito e o sexo intenso, não que isso não faça complemeto, tudo isso é um conjunto.

O medo do comprometimento, de algo firme, torna se presente na população.

Onde vamos chegar com esse comportamento?

Como diz Arnaldo Jabor "Tornamos-nos máquinas e agora estamos desesperados por não saber como voltar a "sentir", só isso, algo tão simples que a cada dia fica tão distante de nós."

 

 

Ass:

Gislaine.