O olhar é a porta de entrada  do conhecimento, você vê o que quer e o que não quer.
Ele é o espelho da alma, reflete o que você sente, seus medos, alegrias, tristeza tudo que se possa imaginar, ele envolve, chama e grita.
A lentidão do olhar te envolve sem que você perceba, é uma linguagem forte, muitas vezes quando surge de surpresa pode até provocar a chamada paixão, onde você perde o controle e é chamado, ai é só deixar se envolver .
Olhar pode ser uma habitação, acolhe o próximo, como também se usado de má fé pode destruir.
O mundo do olhar é vasto, misterioso, você pode se perder nessa estrada deserta, triste e confusa, mas se percorrida com cuidado pode se encontrar e ter sensações maravilhosas.
Olhar sedutor, aquele que busca algo, envolve e mexe completamente com você.
Tem  o olhar passageiro e ao mesmo tempo observador onde se observa cada detalhe, passo a passo o alvo.
O olhar que ri ou chora, ama ou detesta, admira ou despreza. .
Um olhar pode dispensar as palavras ele não se  intimida com o silêncio.O ato de olhar não se limita a olhar para fora, não se limita a olhar o visível, mas também o invisível. De certa forma é o que chamamos de imaginação o que vemos é constantemente modificado por nosso conhecimento, nossos anseios, nossos desejos, nossas emoções.
O olhar diz tudo e mais um pouco.

Ass: Gislaine