Dr. Arthur Frazão (Médico)

O que é:

O transtorno bipolar é um distúrbio mental grave onde o indivíduo apresenta períodos alternados de depressão, mania e de normalidade entre as crises de bipolaridade.

O transtorno bipolar também é chamado de distúrbio bipolar, doença bipolar e doença maníaco-depressiva e afeta igualmente os homens e as mulheres tendo início na adolescência ou a partir dos 30 anos de idade.

Sintomas do transtorno bipolar

Os sintomas do transtorno bipolar são as variações drásticas de humor que podem incluir:

Agitação, euforia e irritabilidade;
Fala muito rápida;
Falta de concentração e de sono;
Crença irrealista em suas habilidades;
Negação de que alguma coisa está errada;
Julgamentos pobres;
Comportamento diferente do usual;
Desejo sexual aumentado;
Abuso de drogas;
Comportamento agressivo.
Na fase de depressão, o portador deve apresentar os sintomas citados baixo na maior parte do tempo por no mínimo duas semanas;
Mau-humor, tristeza, ansiedade, pessimismo e desesperança;
Sentimento de culpa, inutilidade e desamparo;
Perda de interesse por coisas que gostava;
Sensação de fadiga;
Dificuldade de concentração;
Irritabilidade e agitação;
Dormir demais ou falta de sono;
Alterações no apetite e ganho ou perda de peso sem motivo;
Dores crônicas;
Pensamentos suicidas e de morte.
Caso o indivíduo apresente 3 ou mais dos sintomas acima citados é possível que ele sofra de transtorno bipolar.

Os sintomas depressivos da bipolaridade ocorrem mais comummente no outono e no inverno, enquanto que a fase de euforia tende a acontecer na primavera e no verão.

O diagnóstico do transtorno bipolar é feito pelo médico psiquiatra ao observar os sintomas que o indivíduo apresenta.

Transtorno bipolar tem cura?

O transtorno bipolar não tem cura, mas pode ser controlado com a toma dos medicamentos receitados pelo médico psiquiatra e com as sessões de psicoterapia.

Tratamento para transtorno bipolar

O tratamento para o transtorno bipolar consiste na toma de medicamentos à base de lítio que são conhecidos como estabilizadores do humor, medicamentos que combatam as convulsões, antidepressivos e os antipsicóticos, mas sempre acompanhados de sessões de psicoterapia.

Uma outra forma menos comum de tratar os episódios de mania é através da fototerapia, uma terapia especial que utiliza diversas luzes coloridas para modificar o humor do indivíduo. Esta é especialmente indicada para casos de depressão leve.

Manter os amigos e os familiares bem informados sobre as manifestações da doença é também uma boa forma de obter ajuda de sua parte, com estímulos positivos, evitando a recorrência dos sintomas do transtorno bipolar. A terapia de grupo e a terapia familiar, são também boas opções para o tratamento da doença bipolar.

Depressão bipolar

A depressão bipolar é caracterizada por fases de euforia, grande alegria seguidas de mudanças de humor repentinas e tristeza absoluta que pode durar dias, semanas ou meses.

Os sintomas da depressão bipolar geralmente incluem: excesso de sono, manias, aumento do apetite, movimentos lentos, irritabilidade e muitas variações de humor durante o dia.

O tratamento para a depressão bipolar também é feito com remédios antidepressivos e psicoterapia.