< Nas mudanças do tempo eu fico assim na incerteza fico e espero voltar ao melhor de mim... Olho as horas lentas que não passam e das cartas que não escrevo me lembro de ti assim... Navego em barcos de esperança e me perco onde nunca me encontrei. E nas mudanças de tempo espero ser fiel como sempre fui sem nunca me afastar de mim! São Percheiro