</a Tira me tudo menos teu carinho tuas maos de mansinho me doando ternura! Tira me tudo menos o ar que respiro quando em ti me inspiro e num poema dizer tudo que sinto! Tira me tudo menos o teu sorriso para continuar a viver sem ele perco todo, todo o sentido de viver! Sao Percheiro tardes de Abril