< < Mulher mãe, irmã avó de um homem só. A mulher que sorri, que chora que sofre que ama, que dá o sustento o alento a vida se for preciso... Mulher sem raça, sem cor mas sempre com a graça do seu amor! Nem sempre feliz, fugidas á sorte á morte quantas vezes mulher de ontem de hoje de sempre. São Percheiro