< Um dia sonhei que te levava comigo mas era nada mais que um sonho. Te levei e te mostrei a lua tinha sido somente um sonho porque eu nunca tinha sido tua... E sempre que te chamava, ou te buscava, sempre me dizias, pára de sonhar, não vês que eu não tenho tempo? Não sou senhor de nada, nem do tempo, porque eu nunca tive tempo... Acorda desse sonho enquanto é tempo, corta as asas que que te fazem voar alto e acredita por mais que eu queira e te queira eu nunca serei senhor do tempo não vês, eu nunca tenho tempo! Serei sempre como a Garça triste que mora á beira do rio porque nunca encontrou um tempo de ser feliz. São Percheiro