Perdi a noite quando na noite perdida te encontrei num bar! Peguei um copo bebi contigo mulher essa que todos olham como a mulher da vida! Olhei enquanto bebi tuas vestes rasgadas, os làbios de carmim pintados tinhas no rosto a marca do desgosto por seres por todos uma mulher qualquer e de um trago bebi contigo para todos a mulher da vida! Sao Percheiro