Será que na vida é tudo assim tão complicado? Parar de fumar, porquê? Ora, nesta vida tudo faz mal, e mal por mal deixas de me arreliar, de me por os nervos em franja. Quem anda ou irá pagar o fumo do teu cigarro, eu claro que não entrei nesta briga onde até me dá dores de barriga... Quem irá apagar esta paixão? Uma mão tremendo? Ou eu que não entendo e faço cara de parva. Teus gritos me fazem mal, então segue teu amor fuma tudo que encontrares mas por favor não deixes de fumar!... São Percheiro