Este fado falado, é o fado da desgraçadinha onde passava a peixeira vendendo sardinha e cantava seu pregão. O fado falado cantado pela Severa onde na mesa se bebia um copo de tinto, e onde a guitarra dedilha com tristeza mas com destreza o fado falado pelo poeta que o esceveu... Era assim o fado falado, e hoje embora ainda se cante o fado já não é como antigamente, assim o disse João Villaret, tocam os sinos na torre da Igreja, há rusmaninho e alecrim pelo chão. Na nossa aldeia que Deus a proteja vai passar a procissão, e com ele um beijo da vossa amiga São