Authorizations, license

Visible by: Everyone (public).
All rights reserved
116 visits

Manta de retalhos




Um dia meditando em todos os momentos da minha vida resolvi tecer minha manta de retalhos, juntando cada pedacinho da minha vida em frangalhos...

Juntei pedaços de tecidos coloridos que me deixaram grandes marcas na marca dum destino traçado!

Com eles teci pedaços de varias cores, lhe emprestei grandes amores.

Com o rosa bordei o sonho que nunca encontrei, sempre buscando outras cores, juntei o azul anilado do meu passado e nele gravei as marcas de tanta dor...

Do branco que sempre gostei tanto, juntei pedaços de paz, jà que nunca fui capaz de a encontrar por muitos passos que desse, viesse donde viesse, essa cor eu queria dar.

E no verde da esperança eu pordei todos os meus sonhos de menina moça...castelos, contos da carochinha, todos aqueles sonhos de menina.

Depois de tantos retalhos devarias cores, vi que faltava alguma coisa, voltei a pegar na agulha e no dedal, e reparei que com todos esses pedaços de pano colorido, teria dado um sentido à minha vida, fiz uma manta para nela me deitar e quem sabe sonhar como ficaria linda minha manta de retalhos!

Sem pensar à janela fui espreitar e vi que passava gente... e de repente, minha manta acabada de bordar fui buscar, e me debruçando a coloquei na janela, como ficava bela...

Agora todos saberiam que eu tinha feito da minha vida em frangalhos, uma bela manta de retalhos!

Sao Percheiro





Comments