Estavamos no século xv em Niiremberg, onde vivia uma família muito humilde composta pelo casal e dois filhos.

O pai trabalhava nas minas 18 horas por dia para levar o magro sustento para casa.

Os dois irmãos foram crescendo e com eles seus sonhos de irem estudar para a Academia, só que não havia possibilidades .

Um dia combinaram lançar uma moeda ao ar, o que a deixasse cair, teria de ir trabalhar para pagar o estudo do outro.

E assim foi, Albercht foi para a Academia enquanto o outro foi para as minas trabalhar para pagar os estudos do irmão.

Depressa as obras gravuras, óleos,as mais belas obras de arte ganharam sucesso por todo o lado.

Quando acabou regrassou á aldeia fizeram uma festa em sua homenagem, se levantando da mesa olhando o irmão disse: "agora vai tu meu irmão, e agarra os teus sonhos e sou eu que pago tudo". Então o irmão com os olhos rasos de água diss: "agora é tarde meu irmão"em cada dedo tenho um osso partido se quebraram nas minas, e a artrite que nem teria forças para pegar num pincel, mas fico feliz por ti.

Então o pintor pintou a sua melhor obra a que deu o nome de Mãos Unidas, e quando lhe falavam dela e le disse, as mãos se uniram para agradecer a Deus, e nunca ninguém pense que vinga sózinho na vida.

A todos uma feliz tarde de quinta feira

São Percheiro