Me lembrei

de minha palhota...

Mas eu queria ver minha palhota

queria vestir minha capulana maningue chunguila, mas não queria cheirar a catinga... Mas eu queria ser aquela macua maningue horrera, que fazia os cantiga, comia mandioca enchia barriga ahhaha!



Óh! meu cajueiro amigo, que maldade fizeram contigo, lembras aquele dia quando nós bebia aquele sumo bem fresquinho, que maravilha...



ser tua negra dengosa... Me deitar em tua esteira de bambu, tu e eu...

eu e tu...

Quero rolar na areia como os pretinha que tinha os carapinha, ai... ai...

Hoje eu estás aqui onde faz maningue os frio pá, com uma manta mais cumpridaaaaaa e lembras aquela cantiga?

"Elisa oé" quando nós cantava até cobra assobiava, África longe sempre estou contigo Moçambique meu amigo!

São Percheiro