Com isto tudo podemos concluir que a globalização é uma fatalidade, pois não tem sentido ser-se a favor ou contra ela. Um dos factores importantes que tornam a globalização como fatal são as comunicações, pois sem elas a globalização ficaria impedida. Entre outros factores temos as questões do ambiente (pois ameaçam todos os povos), o combate às doenças (que muitas vezes surge à escala universal). Isto tudo são razões para se considerar a globalização como uma fatalidade, pois o destino da globalização é inevitável; a única atitude racional que o homem pode fazer é tomar consciência da evolução histórica que se apresenta, para com base nela tirar conclusões.