Estamos todos ligados
A Sociedade de Informação é vista como sendo uma nova Era, em que as transmissões de dados são de baixo custo e as tecnologias de armazenamento são amplamente utilizadas, em que a informação flui a velocidades e em quantidades épicas, nunca antes imagináveis, assumindo vários tipos de valores, tais como: políticos, religiosos, sociais, antropológicos e económicos.


A Sociedade de Informação surgiu como consequência da explosão informacional, caracterizada sobretudo pela aceleração dos processos de produção e disseminação da informação e do conhecimento. Esta nova sociedade caracteriza-se pelo elevado número de actividades produtivas que dependem da gestão de fluxos informacionais, aliado ao uso intenso das novas tecnologias de informação e comunicação.

É importante constatar que a Sociedade de Informação surge como, também, uma nova mentalidade, a fim de evitar a exclusão social e possibilitar o ressurgimento de novas oportunidades aos menos favorecidos.