Sabes quando começas a ficar cansada de tudo o que te rodeia? Farta das mesmas pessoas, sempre com conversas aborrecidas, sem assuntos novos. Do tempo, que não melhora nem tende a despertar o sol. Do dia-a-dia citadino. Das luzes que começam a incomodar os olhos. Os sorrisos começam a perder energia e a monotomia desencadeia... Pois... Estou assim, hoje. Sem paciência.
Boa noite !